Dicas para tirar solos de guitarra

Muitos guitarristas despertaram para a música ao ouvir um belo solo de guitarra. Além de ser divertido e desafiador, é uma das melhores formas de melhorar sua técnica.

Muitos guitarristas despertaram para a música ao ouvir um belo solo de guitarra. Além de ser divertido e desafiador, é uma das melhores formas de melhorar sua técnica.

Estava eu na minha casa e meu irmão chega com o disco Led Zeppelin IV, a obra prima da banda inglesa que tinha Stairway to Heaven.  O álbum já havia sido lançado há uns 10 anos, em 1971. Mas eu fui ouvi-lo pela primeira vez quando tinha uns 17 anos de idade, em 1982. Assim que ouvi a faixa, a reação foi imediata: “eu tenho que tocar isso”. Primeiro foi a guitarra limpa que acompanhava os versos cantados por Robert Plant. 

Aos poucos, nota por nota, fui descobrindo onde estava cada nota, memorizando as frases e finalmente aprendendo a tocá-las. E então, finalmente, cheguei ao solo final, que naquela época era uma montanha de quilômetros de altura a ser escalada.

Led Zeppelin IV

Aquele solo tinha uma sofisticação técnica e velocidade que fariam com que eu tivesse que me dedicar por semanas, meses, até conseguir encarar o desafio. Mas eu tinha que conseguir colocar aquele solo embaixo dos meus dedos. E, movido tão somente pela vontade de tocar o solo genial do Jimmy Page, abaixei a cabeça até conseguir.

Esse texto vai tratar um pouco de dicas para tirar um solo e da enorme diferença entre fazer isso há 35 anos atrás e nos dias de hoje.

3 compassos, uma volta. 

Para tirar qualquer solo, a primeira coisa a se fazer é entender o que está sendo tocado. Aí você começa a procurar as notas no braço, vai juntando e memorizando tudo. Evidentemente, com os programas que alteram o tom e o andamento da música digitalmente, as coisas se tornaram incrivelmente mais fáceis do que se fazia antigamente. Mas disso falaremos adiante.

Naquela época, a única maneira de ouvir o Led Zeppelin IV (e qualquer outro disco na minha casa) era através de um toca discos Sanyo. Esses toca-discos foram produzidos para girar a 33,5 rotações por minuto. E eles tocavam aqueles discos pretos de vinil, que continham sulcos em espiral que conduziam uma agulha. Essa agulha lia o que estava gravado no disco, na medida em que ele ia girando.

Em outras palavras, como eram 33,5 voltas por minuto, cada volta demorava pouco menos de 2 segundos para ser completada. Portanto, um solo de 20 segundos era tocado em cerca de 10 voltas do disco.

Como a gente fazia?

Colocava o disco para tocar e, quando chegava a hora do solo, a gente ficava fazendo o disco tocar por um determinado número de voltas correspondente à parte do solo que estávamos estudando. Quando chegava no final do trecho, a gente segurava o disco e voltava uma ou duas voltas, tentando não tirar a agulha do lugar.

Era um jeito bastante eficiente de riscar os discos e destruir o motor do toca-discos.

tocar vinil para treinar solos de guitarra

E hoje em dia? Como é tirar um solo? 

aplicativos-para-treinar-solos-guitarra

Para resumir em uma expressão: mudou da água para o vinho. Não nos esqueçamos: ninguém toca um solo se não entender e memorizar as notas e a forma de tocá-las. E, nesse ponto, o avanço da digitalização da música permitiu o aparecimento de programas incríveis que facilitam demais a tarefa de tirar um solo. Porque facilitam a tarefa de entender e memorizar cada nota.

 

Aplicativos como o Music Speed Changer (Android),  Audio Trimmer (Android), Guitar Rig (Android e iOS) e Garage Band (iOS) tem funcionalidades sensacionais que vão te ajudar a tirar um solo com muito mais facilidade. Entre elas, a possibilidade de selecionar um trecho de um solo e tocar esse trecho em loop numa velocidade mais lenta que a original. 

Assim você vai treinando em velocidades mais baixas e, na medida em que se familiariza com o solo, vai aumentando a velocidade até tocar o solo na velocidade original da canção (ou até mais rápido, para a eventualidade de sua banda resolver tocar a música um pouco prá frente).

Além dos apps, há sites em que você pode comprar video-aulas  onde guitarristas profissionais te ensinam a tocar determinados solos nota por nota. Sites como Guitar Tricks, Lick Library e True Fire são um capítulo à parte, com aulas não apenas de solos, mas um verdadeiro ecossistema de ensino de guitarra, violão e baixo. Vale muito a pena fazer uma visita. Estes sites, inclusive, disponibilizam backing tracks  de canções famosas para que você possa treinar com o acompanhamento de uma banda profissional.

Então ficou moleza?

Infelizmente (ou felizmente), a resposta é não. Por mais que as novas tecnologias tenham ajudado na tarefa de tirar um solo, ainda são necessárias horas e horas de estudo para que seus dedos façam determinados movimentos. E aí, não há outro caminho: vai ser necessário abaixar a cabeça e realmente se dedicar a melhorar sua técnica.

Tommy Emmanuel, o lendário violonista australiano que, inspirado no grande Chet Atkins, elevou dramaticamente o nível técnico do estilo fingerstyle, diz na aula inicial de seu curso, à venda no site True Fire: “o que nós vamos fazer aqui é iniciar um processo para ensinar alguns músculos do seu corpo a fazerem determinados movimentos que eles ainda não sabem fazer.”

Então, tenha isso sempre em mente: tirar um solo nunca deixará de ser um meio para melhorar sua técnica. Porque, se o seu repertório técnico não é suficiente para tocar um solo, você terá que melhorar sua técnica para fazê-lo. E isso irá fazer de você um guitarrista cada vez melhor.

Escrito por Moisés Seba Neto

Escrito por Moisés Seba Neto

Sócio fundador do Grave Online, responsável pela pré-produção, atendimento ao artista e um incrível guitarrista de mão cheia.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ainda não gravou com a gente?

Conheça um dos arranjos mais populares do Grave Online e realize o sonho de gravar profissionalmente, sem sair de casa, por um preço super acessível.

Artigos Populares

Quer receber nossas promoções exclusivas?

Se inscreva em nosso mailing exclusivo.

Odiamos Spam. Só enviaremos promoções e novidades do Grave Online. Fique tranquilo.

Leia mais

Posts Relacionados

A tecnologia e a classe média na música

Por muitos anos a área da música esteve dividida entre os milionários e os miseráveis. As novas tecnologias mudaram esse cenário de maneira contundente. E é disso que vamos tratar nesse artigo.

Dicas para tirar solos de guitarra

Muitos guitarristas despertaram para a música ao ouvir um belo solo de guitarra. Além de ser divertido e desafiador, é uma das melhores formas de melhorar sua técnica.