Não existe resposta certa para pergunta mal feita. Isso é o Grave Online

Não existe resposta certa para pergunta mal feita. Isso é o Grave Online

Uma quantidade enorme de pessoas que atendemos se surpreendem com a capacidade que nós, os produtores do Grave Online temos de entender as expectativas de nossos clientes. E em muitos casos, isso tem mais a ver com comunicação do que com música.

Imagine a seguinte cena:

Um cego e um mudo estão sentados em frente à Torre Eifel, em Paris. O cego espera ansiosamente que o mudo consiga lhe mostrar o que está enxergando. Mas o mudo não sabe como fazer isso. Afinal, não pode falar. E fazer gestos de nada adiantaria, já que o cego não nada veria. Até que o cego tem uma ideia: a cada pergunta que ele fizer, o mudo toca em seu braço com um dedo para SIM e com dois dedos para NÃO.

Aos poucos o cego vai fazendo as perguntas que vão dando ao mudo a oportunidade de descrever como é aquele monumento.

É alta? Um toque.
É de ferro? Um toque.
Começa larga e termina estreita? Um toque.
Se parece com uma bola? Dois toques.

E assim por diante.

A descrição que o mudo vai conseguir passar vai depender das perguntas que o cego fará. Em outras palavras, se o cego não fizer as perguntas certas, o mudo não vai conseguir descrever a torre com fidelidade. Mesmo que esteja vendo a torre com clareza.

Pois o que nós fazemos aqui no Grave Online, está baseado exatamente nesse princípio: o de que uma boa resposta precisa de uma boa pergunta.

Nós temos consciência de que a maior parte de nosso público é amador e não tem conhecimento técnico da linguagem musical. Também sabemos que poucos de nossos clientes conhecem os termos complicados que os produtores musicais utilizam em seu dia-a-dia. Assim, a responsabilidade de fazer as perguntas certas é nossa. Mas a responsabilidade de responder adequadamente é do cliente.

torre eifel

O Grave Online é o cego. O cliente é o mudo.

Fazendo um paralelo com a situação do cego e do mudo em frente à Torre Eifel, fica fácil perceber: o Grave Online é o cego, que ainda não enxerga como o cliente quer sua gravação. E o cliente é o mudo, que tem a música em sua mente mas não sabe como explicar, pois não tem conhecimento da linguagem de produção musical.

Cabe então ao Grave Online fazer as perguntas certas para que o cliente possa ir, aos poucos e dentro de sua capacidade de comunicação, explicando como a música deve ser gravada.

Evidentemente que existem clientes com conhecimento suficiente para descrever de forma clara quais são suas expectativas. E, neste caso, lógico que tudo fica mais fácil. Mas em qualquer caso, a gente SEMPRE vai precisar do esforço do cliente para explicar o que ele quer.

“Vocês são profissionais” – VERDADEIRO.

“Então vocês sabem como gravar a música”- FALSO

Essa é uma das maiores armadilhas do processo de produção online: o cliente confundir experiência e conhecimento técnico com poder de adivinhação. Acredite: ninguém aqui no Grave Online tem bola de cristal (ok, tem um engenheiro de som que tem uma bola de cristal, mas é só decoração).

Brincadeiras à parte, a gente aqui sempre vai precisar de toda a boa vontade do cliente para seguir nossas orientações e nos enviar as informações que solicitamos.

Uma coisa é certa: depois de mais de 1300 produções online, nós sabemos quais perguntas precisam ser feitas para que a gente entenda as expectativas de nossos clientes. Mas esperamos que as respostas sejam dadas com cuidado.

O mesmo cuidado (e paciência) do mudo tentando descrever a Torre Eifel para o cego.

Mas vale a pena?

Bom, às vezes a gente precisa colocar a modéstia de lado. Vale. E muito! É importante entender que o Grave Online desenvolveu um sistema inovador e que coloca alguns dos melhores músicos e produtores do Brasil à disposição do público em geral, principalmente o público amador. 

Por um preço extremamente acessível.

E você grava sua música online. Nosso processo é 100% virtual

Dificilmente uma pessoa que nunca esteve em um estúdio de gravação conseguiria contratar profissionais como os que trabalham em nossas produções. Em função dos altos custos e mesmo porque nem saberiam como encontrar esses profissionais. 

estudio-grave-online

Não é à toa que, com apenas 2 anos de existência, o Grave Online já grava quase 10 vezes mais músicas por mês do que os estúdios tradicionais. Entretanto, esse sistema depende da qualidade da informação que o cliente nos transmite. Assim, quando chegar para você o material de pré produção, lembre-se: a qualidade de sua gravação aqui no Grave Online começa em você mesmo.

Retomando a nossa história do cego e do surdo: sem a boa vontade do surdo, o cego poderia achar que estava diante do Pão de Açúcar.

Escrito por Moisés Seba Neto

Escrito por Moisés Seba Neto

Sócio fundador do Grave Online, responsável pela pré-produção, atendimento ao artista e um incrível guitarrista de mão cheia.

Share:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

On Key

Related Posts

harmonia musical

Harmonia e Melodia

Melodia, harmonia e ritmo: os pilares da música. Esteja certo: quase todas as músicas populares que ouvimos você ouve nas rádios tem nesses 3 elementos

acessóros musicais

O kit de sobrevivência do músico

O kit de sobrevivência do músico Comprar o instrumento é apenas o primeiro passo para entrar nesse mundo sensacional da música. Há alguns itens que